Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Temperaturas altas e umidade representam o ambiente perfeito para carrapatos, que causam prejuízo bilionário à pecuária

Publicado em 17/02/2022 Editoria: AgroNews Comente!


 

A saúde geral do gado, incluindo seu estado nutricional, os níveis de estresse e até a genética são fatores importantes para prevenção do carrapato, alerta o médico veterinário Thales Vechiato, gerente de produtos para Grandes Animais da Syntec do Brasil. O ectoparasita, mais importante inimigo sanitário da pecuária, causa prejuízos de aproximadamente US$ 3,2 bilhões por ano, de acordo com Associação Brasileira de Criadores.

 

“Manter a alimentação equilibrada, incluindo o acesso a suplementos minerais, e manejo sanitário em dia são procedimentos simples que ajudam a evitar ou a controlar a infestação de ectoparasitas. Vale lembrar que somente 5% dos carrapatos estão nos animais. Os demais 95% estão no ambiente. Por isso, o controle não somente tático, mas estratégico, é fundamental para reduzir as infestações na fazenda”, recomenda Vechiato.

 

A infestação de carrapatos pode ser maior durante o verão por causa de temperaturas elevadas e alta umidade. “Uma infestação séria faz com que os animais não apenas fiquem irritados, mas desenvolvam doenças, comprometendo o lucro dos produtores. No caso do carrapato, a ‘tristeza parasitária’ é o principal problema sanitário. Os prejuízos vão desde a perda de arrobas por animal até a baixa precificação do couro, uma vez que os parasitas causam danos tanto sugando o sangue dos bovinos quanto ‘machucando’ a pele”, explica o especialista da Syntec.

“Ações preventivas podem reduzir o número de carrapatos na propriedade. O produtor deve fazer rotação de pastagens para diminuir a quantidade de parasitas no pasto. Ainda, é fundamental identificar os animais de sangue doce, ou seja, os que são mais frequentemente acometidos. Quando o carrapato começar a surgir nestes animais, é hora de tratar todo o rebanho”, orienta o veterinário. Quanto aos ectoparasitas já presentes no gado, o tratamento deve ser feito com produtos específicos para esse tipo de problema sanitário. “Os pecuaristas devem estar atentos à infestação. A prioridade é evitar o aparecimento do parasita. Porém, quando ele está presente, é essencial usar produtos eficazes, com ação comprovada”, ressalta Thales Vechiato.

 

A Syntec oferece Ciper Duo, ectoparasiticida de amplo espectro de ação, formulado à base de Butóxido de Piperonila e Cipermetrina, piretróide responsável pela liberação de descargas nervosas repetitivas, que provocam a morte dos ectoparasitas. Outro aliado no tratamento dos carrapatos é Bovec, ectoparasiticida formulado com Diclorvós e Cipermetrina. Sua aplicação via pulverização oferece ampla ação carrapaticida, bernicida, larvicida e acaricida, além de possuir efeito knock-down e repelente sobre insetos, controlando infestações de moscas domésticas e dos estábulos. Bovec diminui a carga de estresse dos animais e realiza o controle de parasitas na propriedade.

 

Sobre a Syntec

 

A Syntec é uma indústria de produtos para saúde animal 100% brasileira, com foco em medicamentos e suplementos veterinários de alta complexidade. Seu portfólio é amplo, incluindo terapêuticos, especialidades, produtos para higiene e saúde, suplementos e, agora, vacinas animais. Mais informações: www.syntec.com.br

› FONTE: Floripa News (www.floripanews.com.br)

Comentários