Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Centros profissionalizantes do estado não abrirão novas turmas em agosto

Publicado em 04/07/2018 Editoria: Cidades Comente!


Foto: Pablo Gomes

Foto: Pablo Gomes

A Secretaria de Estado da Educação está implementando mudanças no calendário dos 18 Centros de Educação Profissional (Cedup´s) de Santa Catarina. A partir de agora, a matrícula de novos alunos passa a ser anual, a exemplo do que ocorre na Educação Básica (ensinos fundamental e médio).Não haverá novas matrículas em agosto. De acordo com a assessoria de comunicação do Governo de SC, a medida é para equilibrar a oferta e a procura de vagas nos cursos profissionalizantes. 

A medida é baseada em estudos e está diretamente relacionada a evasão escolar, que atualmente é de cerca de 40% em alguns dos 44 cursos oferecidos nos centros profissionalizantes do Estado (veja o quadro abaixo). Hoje, há casos de turmas com um único aluno, como verificado no curso de Informática oferecido no Cedup de Tubarão - no início do módulo, no primeiro semestre, eram 45 estudantes.

A cena se repete no Norte do Estado, no Cedup Dario Geraldo Salles, em Joinville, onde o curso de Marketing iniciado em janeiro com 26 alunos tem hoje apenas 7 estudantes matriculados. "Os estudos nos mostram que há pelo menos três causas para a evasão: a relação entre a oferta e a procura em cada região, a matriz curricular e a metodologia usada em sala de aula", explica a diretora Marilene Pacheco (Gestão da Rede).  

Ainda neste semestre, a Secretaria de Estado da Educação deve dar continuidade aos estudos, reunir os gestores e coordenadores dos cursos e implementar novas mudanças. A ideia é rever a matriz curricular ou mesmo a lista de cursos oferecidos em cada região. A SED reforça ainda que o cronograma de aulas dos alunos já matriculados nos cursos ofertados pelos Cedups não sofreu nenhuma alteração. A orientação é que nenhum aluno seja prejudicado. As matrículas de alunos novos ocorre normalmente em fevereiro de 2019.

› FONTE: Assessoria de Comunicação do Governo de SC

Comentários