Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Chapecó conquista vaga para a etapa mundial do Torneio Juvenil de Robótica

Publicado em 30/11/2017 Editoria: Cidades Comente!


Equipe de Chapecó participará da etapa mundial em 2018

Equipe de Chapecó participará da etapa mundial em 2018

A Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC), por meio das entidades SESI, SENAI e IEL conquistou uma vaga para a etapa mundial do Torneio Juvenil de Robótica. O resultado é fruto do excelente desempenho da equipe de Chapecó na etapa nacional do torneio, realizada em São Luís, no Maranhão, neste mês. A equipe de Chapecó é composta por alunos e professores do Programa de Iniciação Tecnológica Empreendedora (PITE) que conta com a participação do SESI, SENAI e IEL, e do curso de Aprendizagem Industrial em Informática do SENAI.

A equipe de Chapecó foi campeão no Cabo de Guerra – Nível 4 (estudantes de 13 anos), vice-campeão no Cabo de Guerra – Nível 3 (14 a 18 anos) e vice-campeão no Sumô Tradicional – Nível 2 (10 a 14 anos). O torneio é gratuito e ocorre desde 2009 para difusão da robótica no ambiente escolar desde a educação básica até a educação superior. Com a conquista, a equipe garantiu vaga para a etapa mundial que ocorrerá em 2018.

O professor Wagner Titon, que coordenou as equipes, realça que o resultado afirma o trabalho desenvolvido pelo SESI, SENAI e IEL que coloca Chapecó entre os melhores do Brasil. "Participar do torneio é uma oportunidade de exercitar o aprendizado, desenvolvendo habilidades que vão além das proporcionadas em sala de aula".

Titon ressalta que a robótica está inserida de maneira intensa na sociedade e participar de eventos como esse inspira os jovens a buscarem mais conhecimento. O torneio também vem ao encontro do modelo de educação das entidades, com foco no fortalecimento do aprendizado por meio de situações desafiadoras, com projetos práticos que engajam os estudantes. "O projeto contribuiu para a aproximação dos estudantes de situações reais da indústria, desenvolvendo competências do século 21, como a criatividade, inovação e trabalho em equipe", finaliza o professor.

 

› FONTE: Marcos A. Bedin

Comentários