Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS
Mercado&Negócios - Por Gisela Bond

Mercado&Negócios Por Gisela Bond

Mercado&Negócios - Por Gisela Bond

Empresas do setor de turismo passam a ter acesso às linhas de crédito da Fecomércio SC

Publicado em 31/01/2021 Comente!


Empresas do setor de turismo passam a ter acesso às linhas de crédito da Fecomércio SC

Entidades representativas dos setores de eventos, bares e restaurantes e turismo aderem ao Programa CreSCer + Sustentável, que poderá dar alívio financeiro aos empresários catarinenses e minimizar os impactos negativos da pandemia nos negócios. Com a adesão, os associados da ABEOC SC, Abrasel SC e Federação Catarinense de Convention & Visitors Bureaux (FCVB/SC) podem ter acesso às linhas de crédito com prazos e taxas diferenciadas. Amparada pelo Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), a linha do Fugetur é exclusivamente voltada para prestadores de serviço com Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastrur) e faturamento de até 4,8 milhões. O recurso pode ser utilizado em projetos, aquisição de máquinas e equipamentos turísticos e capital de giro.

QUEM PODE

Empresas que podem ter acesso ao crédito do Fungetur: acampamento turístico, agências de turismo, meios de hospedagem, parques temáticos, transportadora turística, casas de espetáculos e equipamentos de animação turística, centro de convenções, empreendimento de apoio ao turismo náutico ou à pesca desportiva, empreendimento de entretenimento e lazer e parques aquáticos, locadora de veículos, organizador(a) de eventos, prestador de serviços de infraestrutura de apoio a eventos, prestador especializado em segmentos turísticos, além de restaurantes, cafeterias e bares. O Programa CreSCer + Sustentável disponibiliza até R$ 50 milhões em crédito por meio das linhas Fungetur (Ministério do Turismo), Recupera Sul (BRDE) e Capital de Giro (BNDES). Carência de 12 a 18 meses, prazo para pagamento das parcelas de 30 a 36 meses, taxas de juros atrativas e processo de contratação totalmente digital são alguns dos diferenciais.

INTELIGÊNCIA

A Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) lançou o espaço que vai abrigar a Central de Inteligência do Turismo do Estado. A estrutura fica na sede do órgão, em Florianópolis, e oferecerá suporte técnico e tecnológico para o trabalho de coleta, monitoramento e análise de indicadores do setor. "Pela primeira vez temos estrutura para analisar e gerir dados. Uma estrutura participativa, criada para integrar cada vez mais o trade, as entidades representativas do turismo e os gestores públicos. Esse espaço dentro da Santur é mais um passo para consolidarmos um modelo de gestão baseado em dados, o que é fundamental para fortalecer os destinos turísticos e alcançar melhores resultados", destaca o presidente da Santur, Leandro “Mané” Ferrari.

CONHECIMENTO

A nova estrutura é ponto de partida para o efetivo funcionamento de uma Central de Inteligência do Turismo, conforme explica a diretora de Estudos e Inovação da Santur, Luana Emmendoerfer. "Estamos avançando rumo à criação da Central de Inteligência do Turismo em Santa Catarina, que passa por várias etapas, começando pelos dados, depois a informação, o conhecimento, para, então, gerar inteligência. É um processo que vai ajudar a desenvolver políticas públicas mais assertivas, baseada em dados", comenta Luana.

ALMANACH

A Santur já vem trabalhando com esse objetivo. Recentemente, lançou o Almanach, uma ferramenta que traz um panorama do setor no Estado, reunindo informações como o número de empresas, registros no Cadastur, empregos gerados, tipos de negócios e arrecadação de ICMS. O Almanach, que já está integrado à Central de Inteligência, foi apresentado ao grupo. "É um trabalho que reúne, com competência, consistência e profundidade, dados da política pública para o turismo de Santa Catarina. A Santur vive uma fase de profissionalização com a entrega de uma ferramenta estratégica para definir investimentos e para auxiliar os municípios a estruturarem as redes locais do turismo", disse a deputada Paulinha.

 

Comentários

Mercado&Negócios

Por Gisela Bond

Agenda

+ eventos

Classificados

+ anúncios