Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Prefeita Adeliana recebe pré-projeto de trapiche e revitalização da Beira-Mar de São José

Publicado em 28/07/2013 Editoria: Cidades Comente!


 As propostas foram elaboradas pelo engenheiro naval italiano Franco Gnessi

 

A prefeita Adeliana Dal Pont recebeu, na tarde desta segunda-feira (22), o pré-projeto para a construção de um trapiche no Centro Histórico e de revitalização de parte da orla da avenida Beira-Mar de São José. A proposta, elaborada pelo engenheiro naval Franco Gnessi, foi apresentada pelo presidente da Acatmar (Associação Náutica Catarinense para o Brasil) e do GT Náutico de Santa Catarina, Leandro Mané Ferrari. Na reunião, também estiveram presentes o vice-prefeito José Natal Pereira, a superintendente da Fundação Municipal de Cultura e Turismo, Elenita Gerlach Koerich, o superintendente adjunto da Fundação, Carlos Eduardo Martins, e o diretor comercial da Acatmar, Adriano Wieickert.

Ferrari explicou que a proposta traz as primeiras idéias de Gnessi para a área. O italiano esteve em São José no último dia 24 de junho, a convite da Fundação Municipal de Cultura, para conhecer o local onde existia o antigo trapiche. “Trouxemos um primeiro projeto para ser analisado pela prefeita e aguardamos uma resposta para que Gnessi faça as mudanças que forem necessárias”, afirmou o presidente da Acatmar.

O projeto se divide em duas partes. Para o Centro Histórico, no local onde existia o antigo trapiche, o engenheiro naval projetou uma estrutura similar a que havia no passado. A proposta é que o trapiche seja coberto, com áreas de convivência e espaço para lojas de alimentação e artesanato, por exemplo. Em anexo, ficaria o espaço para a chegada do transporte marítimo. Na apresentação do projeto, Gnessi explica que tentou preservar algumas características do trapiche, mas com uma visão mais moderna, “dando uma oportunidade para que as pessoas possam experimentar o tempo de espera para o transporte marítimo pelo mar”.

À frente do trapiche, seriam construídos dois molhes e uma marina onde se atracariam embarcações particulares e de pescadores. De acordo com Ferrari, a ideia é ter toda a estrutura em concreto flutuante, que causa menos impactos ambientais. “O interessante é que os molhes e a própria marina serviriam de abrigo para a área do trapiche e de embarque para o transporte marítimo”, destaca.

Gnessi também apresentou uma proposta para a orla da Avenida Beira-Mar, já que durante sua visita, a prefeita Adeliana manifestou interesse em revitalizar o local. Para esta área, o engenheiro naval propõe a criação de espaços de convivência, com o objetivo de fazer a interação da comunidade com o mar.

Adeliana diz ter gostado do projeto e sugeriu algumas alterações. A partir da avaliação da prefeita, o engenheiro deve fazer as mudanças e elaborar o projeto de arquitetura. “Este é um presente que Franco Gnessi e a Acatmar deram para São José, um primeiro passo. Agora vamos aguardar o projeto arquitetônico para começar a avaliar a viabilidade técnica, a questão orçamentária e consultar os órgãos competentes, como da área ambiental”, assinalou Adeliana.

› FONTE: Floripa News (www.floripanews.com.br)

Comentários