Floripa News
Cota??o
Florian?polis
Twitter Facebook RSS

Prefeitura de Florianópolis negocia com Exército cessão de terreno para praça na Beira-mar Norte

Publicado em 09/08/2013 Editoria: Florianópolis Comente!


Cobiçado por construtoras e subutilizado pelo Exército, o terreno de aproximadamente 5.000 metros quadrados localizado na esquina das avenidas Mauro Ramos e Beira-mar Norte, numa das regiões mais valorizadas de Florianópolis, também interessa à prefeitura. A intenção da atual administração de transformar a área ociosa em praça pública ganhou importante aliado, o comandante da 14ª BIM (Brigada de Infantaria Motorizada), general Fernando José Lavaquial Sardenberg, que já confirmou o desinteresse de manter a posse do imóvel.

Esta posição foi oficializada ao comando da 5ª Região Militar, com sede em Curitiba, a quem a 14ª BIM está subordinada e a quem caberá definição sobre o destino do terreno. As possibilidades em estudos são a cessão definitiva à Prefeitura de Florianópolis, venda por meio de licitação pública ou permuta com a iniciativa privada.

“O certo é que o comando não tem mais interesse, e quer se livrar daquele terreno”, diz o relações públicas do Exército em Florianópolis, major Anderson Marcel Dorneles. Em caso de venda, o processo depende também de levantamento de mercado e autorização do SPU (Secretária do Patrimônio da União).

Segundo o major Dorneles, o documento do general Sardenberg ao comando da 5ª Região Militar foi encaminhado no início deste ano. Portanto, bem antes da recente visita do vice-prefeito e secretário de Obras João Amin. Na ocasião, foi oficializado o interesse da prefeitura em utilizar o terreno, dentro do modelo estabelecido pelo projeto Viva a Praça. “A intenção é qualificar a imagem urbana dos espaços públicos municipais e elevar os níveis de qualidade de vida com implantação de novas áreas de lazer, recreação, esportes, cultura e convívio social”, argumenta Amin.

O general se mostrou receptivo à intenção da prefeitura. Mas, reafirmou ao vice-prefeito e a presidente do Floripa Amanhã, Zena Becker, que futura utilização do antigo Forte São Luís da Praia de Fora depende do comando regional. Como cidadão de Florianópolis, o comandante da 14ª BIM concorda com a necessidade de novos espaços públicos na área central da cidade.

FORTE SÃO LUÍS
Um pouco de história

*Erguido a partir de 1771, o Forte de São Luís da Praia de Fora ficava na atual esquina das avenidas Beira-mar Norte e Mauro Ramos. Complemento da defesa do Forte de Santana, no Estreito, e do Forte de São Francisco Xavier, também na Praia de Fora (erguidos entre 1761 e 1765), tinha a função de defender a Vila de Nossa Senhora do Desterro, atual área central de Florianópolis.

› FONTE: Notícias do Dia

Comentários